Vídeos do Vitória

11 de junho de 2011

Zagueiro Maurício se transforma de vilão em herói, marca dois gols e Vitória derrota o Duque de Caxias de virada no Estádio Engenhão

Zagueiro Maurício se transforma de vilão em herói, marca dois gols e Vitória derrota o Duque de Caxias de virada no Estádio Engenhão

De vilão a herói. O zagueiro Maurício, aos 24 minutos do primeiro tempo, falhou ao tentar sair jogando e no contra-ataque, Somália abriu o placar para o Duque de Caxias. Ainda no primeiro tempo, aos 36 minutos, o zagueirão redimiu-se do erro e estufou a rede com um toque de classe, por cobertura, empatando. E aos 3 minutos do segundo tempo, numa cabeçada fulminante, Maurício colocou o Vitória na frente. Neto aumentou para 3 x 1, e Somália, de pênalti, diminuiu.

No fim, Vitória 3 x 2 Duque de Caxias, nesta sexta-feira, à noite, no Estádio João Havelange, em Engenho Novo (RJ), pela quarta rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro da Série B. Foi o primeiro triunfo rubro-negro fora de casa e o primeiro da Era Geninho.

Terça-feira, dia 14, o Vitória recebe o ABC, de Natal, no Estádio Manoel Barradas, em Salvador, e tentará aumentar sua pontuação na classificação. Com seis pontos em 12 disputados, o rubro-negro pulou da 17ª para 7ª colocação.

Com as mudanças feitas pelo técnico Geninho, promovendo as estréias do lateral-esquerdo Fernandinho, e dos volantes Zé Luís e Rodrigo Mancha, o Vitória começou a partida tentando se impor. A falta de ritmo de alguns jogadores e o desentrosamento, porém, atrapalharam no início.

Justamente quando o time estava se encontrando e começava a incomodar o adversário, veio o golpe. Maurício tentou sair jogando pelo meio, perdeu a bola para Somália, que deu início ao contra-ataque, e ele próprio finalizou o passe na medida de Valdiram.

O gol não abateu o rubro-negro. Pelo contrário, acendeu o time que passou a pressiona na tentativa de alcançar o empate. O técnico Geninho, sentindo que Xuxa e Geovanni juntos não conseguiam fazer o papel de meia de aproximação com o atacante Neto, substituiu Xuxa por Rildo.

A mudança transformou o rubro-negro. Rildo, em velocidade, passou a ser um companheiro para Neto, e Geovanni, partindo de trás, pôde ser mais criativo na armação.

Melhor em campo, o Vitória chegou ao empate aos 36 minutos. Depois da cobrança de um escanteio, a bola foi rebatida e Jerson mandou de volta para área. Maurício, bem posicionado, encobriu o goleiro com um toque de categoria.

Logo no começo do segundo tempo, o Vitória virou. Mais uma vez, o vilão que se transformou em herói balançou as redes. Geovanni alçou a bola na área na cobrança de uma falta e Maurício acertou uma violenta cabeçada. A bola bateu no travessão e caiu dentro do gol.

Na frente, o Vitória assumiu o controle definitivo do jogo. Defendia-se bem, articulava as jogadas no meio-campo, e se acertasse mais os passes no ataque teria alcançado o terceiro gol bem antes dos 34 minutos.

O terceiro gol ocorreu de uma bola tomada no meio-campo por Geovanni que iniciou o contragolpe mortal. Com Rildo aberto na esquerda e Neto pela direita, o meia preferiu passar para Neto, na área, finalizar de chapa e contar com a sorte: a bola passou por baixo do braço do goleiro.

A nove minutos para o final do jogo, o árbitro mineiro Emerson Almeida Ferreira foi traído pelo assistente Celso da Silva e marcou pênalti para o time fluminense em um lance que Rodrigo Mancha disputou a bola com Bruno Veiga. Somália cobrou e diminuiu, aos 36 minutos.

BRASILEIRÃO SÉRIE B - 2011
DUQUE DE CAXIAS 2 X 3 VITÓRIA

4ª rodada
DUQUE DE CAXIAS: Fernando; Léo, Santiago, Bruno Costa (Genilson) e Paulo Rodrigues; Leandro Teixeira, Júlio César, Erick Flores e Tony (Gilcimar); Somália e Valdiram (Bruno Veiga). Técnico: Alfredo Sampaio.

VITÓRIA: Fernando; Nino, Alison, Maurício e Fernandinho; Rodrigo Mancha, Zé Luis, Jérson e Xuxa (Rildo); Geovanni (Esdras) e Neto Baiano (Léo Fortunato). Técnico: Geninho.

Data: 10/06; Local: Estádio João Havelange, em Engenho Novo (RJ); Hora: 21 Horas
Gols: Somália, aos 24min, e Maurício, aos 36min do 1º tempo; Maurício, aos 3min, Neto, aos 34min, e Somália (pênalti), aos 36min do 2º tempo
Arbitragem: Emerson Ferreira (MG), assistido por Celso da Silva (MG) e Pedro Araújo Dias Cottia (MG)
Cartão amarelo: Leandro Teixeira, Leonardo, Bruno Costa (Duque de Caxias), Nino e Maurício (Vitória)
Renda: R$5.650,00; Público: 517 pagantes

http://www.ecvitoria.com.br/site/noticias/detalhe.jsp?CId=15179

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

GloboEsporte - Vitória

Marketing ECVitória

UOL Esporte - Vitória

LeãodaBarra.com

GazetaEsportiva.net - Vitória

Terra Esportes - Vitória

Fanáticos por Futebol - Vitória

ESPN.com.br - Vitória

iG Esportes - Vitória

Links

FutebolBahiano.com

FutebolBaiano.net

BahiaNotícias - Esportes

iBahia - Esportes

Itapoan On-LINE - Esportes

Aratu Online - Esportes

A Tarde On Line - Esporte

Correio* - Esportes

Blog do GE - Larissa Dantas

Victoria Quae Sera Tamen - Franciel

Eu Sou Vitória - Fábio Monteiro

Vitória - Reinaldo Oliveira

ECV News

ECV 1899

Arena Rubro Negra

Leão Minha Paixão - Valmerson

Viáfara Paredão

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO