Vídeos do Vitória

4 de novembro de 2010

Júnior marca diante do Santos seu 30º gol na temporada e mantém o Vitória na zona de classificação para a Copa Sul-Americana

Santos x Vitória - 03/11/10Júnior marca diante do Santos seu 30º gol na temporada e mantém o Vitória na zona de classificação para a Copa Sul-Americana

Não foi de todo ruim, mas o Vitória bem que poderia ter deixado a Vila Belmiro, nesta quarta-feira, com um diante do Santos. O time rubro-negro foi prejudicado por um erro grosseiro do árbitro paranaense Edivaldo Elias da Silva, que deixou de assinalar um pênalti sofrido por Júnior, no primeiro tempo. Houve ainda um lance no segundo, em cima de Henrique, que o atacante alega ter sido tocado no momento que preparava o chute.

O placar de 1 a 1 manteve o Vitória na zona de classificação para a Copa Sul-Americana, na 14ª posição, com 38 pontos ganhos. O time de Antonio Lopes fez uma boa apresentação taticamente e soube segurar a pressão santista quando ficou reduzido a 10 jogadores com a expulsão do zagueiro Thiago Martinelli, aos 36 minutos do segundo tempo.

Neymar, em uma das poucas vezes que esteve livre da perfeita marcação de Neto Coruja, marcou 1 a 0 aos 33 minutos depois de uma bonita triangulação. Num lance mais bonito do jogo, Júnior empatou, aos 40 minutos, depois de receber o passe de Nino. Na área, o goleador protegeu, se livrou da marcação de Edu Dracena, e chutou rasteiro no canto direito do goleiro Rafael. Um minuto antes, Júnior havia recebido falta na área – foi visivelmente empurrado por Edu Dracena – e o árbitro simplesmente ignorou mesmo estando de frente para o lance.

Mais uma vez os guerreiros rubro-negros foram determinados, aplicados e heróicos quando ficaram 13 minutos – nove do tempo normal e mais quatro de acréscimos – reduzidos a 10 jogadores com a expulsão de Thiago Martinelli.

Jogando em casa, o Santos tomou a iniciativa, e foi surpreendido com a boa disposição tática do Vitória. Neto grudou em Neymar, e nos contra-ataques o time rubro-negro começou a ameaçar. Aí veio a ducha fria em um dos poucos momentos que a marcação permitiu a triangulação rápida dos santistas. Neymar ficou livre diante do Viáfara, aos 33 minutos, e finalizou no canto.

O Vitória assimilou bem o revés e foi para cima. Encurralou o Santos, com Júnior, em noite inspirada, dando bastante trabalho aos defensores. Aos 39 minutos, ele recebeu a bola na área e quando se preparava para a conclusão da jogada, foi empurrado com as duas mãos pelo zagueiro Edu Dracena. Para espanto até da torcida adversária, o árbitro mandou seguir.

Mas aos 40 minutos, o artilheiro não desperdiçou. Nino atacou pela direita, driblou e encontrou Júnior na área. De costas, o atacante dominou, girou no corpo, com categoria tirou Edu Dracena do lance, e finalizou rasteiro sem chances para Rafael. Foi o 30º gol de Júnior na temporada.

No segundo tempo, o técnico Antonio Lopes corrigiu o posicionamento do meio-campo rubro-negro, mandou marcar a saída de bola, e o Vitória tentou o gol de desempate. Numa falta cobrada por Bida, quase conseguia. Bem marcado, o Santos dependia da criatividade de Neymar, e a torcida, impaciente, passou a vaiar.

Quando perdeu Thiago Martinelli, expulso, o time rubro-negro passou a jogar mais para assegurar um ponto fora de casa, o que alcançou, ampliando o tabu sobre o Santos: venceu por 2 x 1 no segundo jogo da final da Copa do Brasil, dia 4 de agosto, no primeiro turno do Brasileiro, dia 15 de agosto, goleou por 4 x 2, no Barradão, e agora empatou por 1 x 1 na Vila Belmiro.

SANTOS 1 x 1 VITÓRIA
Data: 3/11/10
Estádio: Vila Belmiro
Cidade: Santos (SP)
Horário: 19h30 (Horário de Brasília)
Renda: R$112.825,00
Público: 4.643 pagantes
Gols: Neymar, aos 33min, e Júnior, aos 40min do 1º tempo
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Paulo Ricardo Silva Conceição e João Monteiro de Souza Júnior
Cartão amarelo: Roberto Brum, Danilo, Alex Sandro, Edu Dracena, Neymar (Santos), Neto Coruja, Júnior, Anderson Martins e Uelliton (Vitória)
Cartão vermelho: Thiago Martinelli, aos 36min do 2º tempo

Santos: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Alex Sandro; Roberto Brum, Danilo (Maranhão), Marquinhos e Alan Patrick (Keirrison); Neymar e Zé Eduardo (Marcel). Técnico: Marcelo Martelotte.

Vitória: Viáfara; Nino, Thiago Martinelli, Anderson Martins e Egidio (Gabriel Paulista); Neto Coruja, Uelliton, Bida e Elkeson (Renato) Adailton (Henrique) e Junior. Técnico: Antonio Lopes.

http://www.ecvitoria.com.br/site/noticias/detalhe.jsp?CId=14206

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

GloboEsporte - Vitória

Marketing ECVitória

UOL Esporte - Vitória

LeãodaBarra.com

GazetaEsportiva.net - Vitória

Terra Esportes - Vitória

Fanáticos por Futebol - Vitória

ESPN.com.br - Vitória

iG Esportes - Vitória

Links

FutebolBahiano.com

FutebolBaiano.net

BahiaNotícias - Esportes

iBahia - Esportes

Itapoan On-LINE - Esportes

Aratu Online - Esportes

A Tarde On Line - Esporte

Correio* - Esportes

Blog do GE - Larissa Dantas

Victoria Quae Sera Tamen - Franciel

Eu Sou Vitória - Fábio Monteiro

Vitória - Reinaldo Oliveira

ECV News

ECV 1899

Arena Rubro Negra

Leão Minha Paixão - Valmerson

Viáfara Paredão

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO