Vídeos do Vitória

19 de setembro de 2010

Guerreiro e determinado, Vitória mesmo com um jogador a menos bate o Atlético MG e sobe duas casas na classificação do Brasileiro da Série A

ViáfaraGuerreiro e determinado, Vitória mesmo com um jogador a menos bate o Atlético MG e sobe duas casas na classificação do Brasileiro da Série A

Foi um início arrasador, depois muita pressão com um jogador a menos e no final um triunfo heróico por 3 x 2 sobre o Atlético Mineiro, na tarde deste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG). Com o resultado, o Vitória interrompe um jejum de 10 anos sem vencer o adversário fora de casa,n de sete rodadas sem ganhar no atual Brasileiro, e abre sete pontos de vantagem sobre o time mineiro, o primeiro na zona do rebaixamento.

Com 28 pontos, o Vitória pulou da 16ª para a 14ª colocação, e considerando que Santos (campeão da Copa do Brasil) e Inter (campeão da Libertadores) estão garantidos na Libertadores de 2011, o time rubro-negro está na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

Mortal no início, o Vitória com 15 minutos vencia por 2 x 0, gols do goleiro-artilheiro Viáfara – marcou que primeiro gol no Brasileiro e o quinto na temporada – cobrando pênalti, e Egídio. E podia feito 3 a 0 numa bola cruzada por Henrique que Júnior chegou atrasado.

Ainda no primeiro tempo, o Atlético diminuiu com Daniel Carvalho, e empatou aos 20 do segundo tempo com o baiano Neto Berola, ex-rubro-negro. Henrique, aos 30, garantiu o segundo triunfo fora de casa neste Brasileiro – o primeiro, coincidentemente, foi contra outro time mineiro, o Cruzeiro, em Ipatinga.

Um detalhe: o Vitória atuou desde os 27 minutos com um jogador a menos depois da injusta expulsão do zagueiro Anderson Martins. O rubro-negro volta a campo, quinta-feira, para enfrentar o Avaí, às 21 horas, no Barradão, desfalcado do zagueiro Anderson e do goleiro Viáfara, advertido com o terceiro cartão amarelo.

O início rubro-negro foi arrasador. Aos 5 minutos, Júnior descobriu Elkeson, que invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Fábio Costa. Pênalti e somente cartão amarelo para o goleiro – ele era o último homem e, como manda a regra, deveria ser expulso. O colombiano Viáfara bateu com categoria, no ângulo, sem chances de defesa para o ex-rubro-negro Fábio Costa.

Atordoado e pressionado pela torcida, o Atlético foi todo para frente e deu espaços para os contra-ataques. Assim, o Vitória marcou o segundo, aos 15 minutos, em descida rápida de Henrique pela direita. O chute saiu rasteiro e a bola cruzou a área para encontrar o lateral-esquerdo Egídio. Com um toque por baixo de Fábio Costa, ele ampliou o marcador.

Não demorou para Henrique voltar a infernizar a defensiva atleticana pela direita e cruzar rasteiro. Júnior se atrasou e não completou para o gol vazio. Primeiro erro do árbitro sergipano Cláudio Francisco Lima e Silva: Elkeson foi visivelmente derrubado na área e nada foi marcado.

Levando sempre perigo ao gol adversário, o Vitória sofreu um golpe duro aos 27 minutos quando o sergipano entendeu que Anderson Martins cometeu falta e aplicou ao zagueiro o segundo cartão amarelo seguido do vermelho

Com a expulsão, o técnico Ricardo Silva foi forçado a sacar Elkeson, que no lance do pênalti machucou o tornozelo, para entrada do zagueiro Reniê. Com um a mais, o Atlético cresceu, e o Vitória caiu momentaneamente de rendimento. Aos 40 minutos, depois de Obina ter acertado o travessão, o time mineiro reduziu o placar. O meia Daniel Carvalho mandou de fora da área um foguete no ângulo.

No intervalo, Ricardo Silva acertou o posicionamento novamente da equipe, mas foi o Atlético que voltou pressionando com a entrada de Neto Berola. O ex-atacante rubro-negro foi responsável pelo empate, aos 20 minutos, após Viáfara defender parcialmente a bola cabeceada por Obina.

A torcida, que vaiou e hostilizou até o técnico Vanderley L:uxembugo, começou acreditar na virada. Porém, aos 30 minutos, Schwenck recebeu a bola na área, ajeitou e deu para Henrique chutar cruzado para vencer Fábio Costa e garantir os três pontos na Arena do Jacaré.

ATLÉTICO MG 2 X 3 VITÓRIA
Data: 19/09/2010
Estádio: Arena do Jacaré

Cidade: Sete Lagoas (MG)
Hora: 16 horas
Renda: R$64.527,50
Público: 13.144 pagantes
Gols: : Viáfara (pênalti), aos 5min, Egidio, aos 15min, e Daniel Carvalho, aos 41min do 1º tempo; Neto Berola, aos 20min, e Henrique, aos 30min do 2º tempo
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: Ivaney Alves de Lima (SE) e Edmo Oliveira Santos (SE)

Cartão amarelo: Fábio Costa, Alê, Serginho (Atlético MG), Viáfara e César Santiago (Vitória)

Expulsões: Anderson Martins, aos 27min do 1º tempo

Atlético-MG: Fábio Costa; Diego Macedo (Neto Berola), Jairo Campos, Cáceres e Leandro; Alê, Serginho (Joedson), Ricardinho (Diego Souza) e Daniel Cavalho; Diego Tardelli e Obina. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Vitória: Viáfara; Eduardo, Thiago Martinelli, Anderson Martins e Egidio; César Santiago (Jonas), Ricardo Conceição, Bida e Elkeson (Reniê) Henrique e Júnior (Schwenck). Técnico: Ricardo Silva.

http://www.ecvitoria.com.br/site/noticias/detalhe.jsp?CId=13948

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

GloboEsporte - Vitória

Marketing ECVitória

UOL Esporte - Vitória

LeãodaBarra.com

GazetaEsportiva.net - Vitória

Terra Esportes - Vitória

Fanáticos por Futebol - Vitória

ESPN.com.br - Vitória

iG Esportes - Vitória

Links

FutebolBahiano.com

FutebolBaiano.net

BahiaNotícias - Esportes

iBahia - Esportes

Itapoan On-LINE - Esportes

Aratu Online - Esportes

A Tarde On Line - Esporte

Correio* - Esportes

Blog do GE - Larissa Dantas

Victoria Quae Sera Tamen - Franciel

Eu Sou Vitória - Fábio Monteiro

Vitória - Reinaldo Oliveira

ECV News

ECV 1899

Arena Rubro Negra

Leão Minha Paixão - Valmerson

Viáfara Paredão

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO