Vídeos do Vitória

5 de agosto de 2010

Torcida rubro-negra volta a dar espetáculo nas arquibancadas do Barradão e aplaude os jogadores em reconhecimento ao empenho do time

Torcida rubro-negra volta a dar espetáculo nas arquibancadas do Barradão e aplaude os jogadores em reconhecimento ao empenho do time

A torcida rubro-negra que já havia proporcionado um bonito espetáculo no embarque e desembarque do time para o jogo, em Santos, voltou a ser destaque na grande final desta quarta-feira, no Barradão. Lotou o Barradão e deu um show de animação.

Saudou a entrada do time com os piscas que coloriram o Barradão e debaixo de chuva não parou de cantar, provocar o adversário, incentivar os jogadores e reconhecer que eles foram guerreiros.

A reação ao apito final do árbitro gaúcho Carlos Eugênio Simon, do quadro da Fifa e que esteve no recente Mundial da África do Sul, foi emocionante. De pé, aplaudiram os atletas e ofuscaram os gritos da torcida adversária comemorando o título.

Usando um refrão de uma música da nossa rainha Daniela Mercury, em ritmo de axé, os torcedores cantaram: ”Ô ô ô, Vitória meu amor. Ô ô ô, você vai onde eu for”. Os jogadores, mais ainda emocionados e chorando, retribuíram com aplausos e jogaram as camisas.

Mais experiente do grupo, aos 38 anos, Ramon, campeão da Copa do Brasil pelo Cruzeiro, não controlou as emoções. Substituído no decorrer do segundo tempo, ele ficou no banco torcendo e incentivando. Também agradeceu aos torcedores, foi consolado e consolou os companheiros, notadamente o jovem Elkeson, que zanzava pelo campo, incrédulo.

O presidente Alexi Portela Júnior fez questão de entrar no gramado, abraçar um por um dos atletas. “Vocês lutaram, foram homens e estou orgulhoso deste grupo. Ainda temos mais duas competições e como disse Renato (o meia), podemos ganhar um título nacional”, disse ao participar da oração com o grupo.

A atitude do goleiro Viáfara é outro ponto a destacar. O colombiano, que chegou aos clube em 2008, não esconde sua paixão pelo Vitória, e depois de chorar sentado dentro do gol em frente à torcida organizada Os Imbatíveis, distribuiu sua camisa e calção atirando para os torcedores. Pediu para participar da coletiva com o treinador Ricardo Silva.

“Eu sinto orgulho de fazer parte desta família Vitória, meus companheiros, diretoria e funcionários. Estou triste porque queria muito dar este título para o clube a esta torcida maravilhosa”, disse.

A equipe rubro-negra está envolvida em mais três competições, o Brasileiro, com jogo já neste domingo, contra o Vasco da Gama, em São Januário, às 18h30, a Sul-Americana, cujo primeiro jogo será quarta-feira, dia 11 de agosto, contra o Palmeiras, no Barradão.

Tem o Campeonato do Nordeste e o time joga nesta sexta-feira, dia 6, às 20 horas, contra o Sergipe, no Estádio Lourival Batista, em Aracaju.

http://www.ecvitoria.com.br/site/noticias/detalhe.jsp?CId=13662

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

GloboEsporte - Vitória

Marketing ECVitória

UOL Esporte - Vitória

LeãodaBarra.com

GazetaEsportiva.net - Vitória

Terra Esportes - Vitória

Fanáticos por Futebol - Vitória

ESPN.com.br - Vitória

iG Esportes - Vitória

Links

FutebolBahiano.com

FutebolBaiano.net

BahiaNotícias - Esportes

iBahia - Esportes

Itapoan On-LINE - Esportes

Aratu Online - Esportes

A Tarde On Line - Esporte

Correio* - Esportes

Blog do GE - Larissa Dantas

Victoria Quae Sera Tamen - Franciel

Eu Sou Vitória - Fábio Monteiro

Vitória - Reinaldo Oliveira

ECV News

ECV 1899

Arena Rubro Negra

Leão Minha Paixão - Valmerson

Viáfara Paredão

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO