Vídeos do Vitória

21 de julho de 2010

Vitória sofre dois gols relâmpagos, reage no fim do primeiro tempo e empata com o Goiás graças ao gol de Soares aos 45 minutos

Vitória x GoiásVitória sofre dois gols relâmpagos, reage no fim do primeiro tempo e empata com o Goiás graças ao gol de Soares aos 45 minutos

Ufa! Arrasador dentro de casa, o Vitória passou um susto nesta quarta-feira, quando enfrentou o Goiás, pela 10ª rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Jogava melhor, criava situações de gol, e o adversário aproveitou-se de dois lances para estabelecer a vantagem de 2 a 0. Mas como um time de guerreiros, o rubro-negro reagiu, e correspondeu ao apoio da torcida conseguindo um empate suado nos minutos finais do jogo realizado no Barradão.

O Vitória arrasador, pressionando o time goiano que, atordoado, mal conseguia se encontrar em campo. Teve chances de abrir o marcador, mas pecou nas finalizações.

De repente, no meio do caminho, um apagão geral e dois gols do Goiás, primeiro com Rafael Moura, e depois com Everton Santos. Ricardo Conceição, de cabeça, diminuiu nos minutos finais do primeiro tempo.

“Guerreiros, time de guerreiros”. Embalados com os gritos da torcida ecoando no Barradão, os jogadores rubro-negros voltaram a pressionar o Goiás. Cruzamentos, chutes de longe e nada.

Até brilhar a estrela de Soares. O atacante acertou um lindo chute no ângulo de Rodrigo Calaça, que voou e viu a bola estufar a rede. Era o gol de empate, aos 45 minutos do segundo tempo.

O Vitória irá seguir para Presidente Prudente, na sexta-feira, onde no sábado enfrentará o Prudente – ex-Grêmio Barueri - no Estádio José Farah, às 18h30, no último jogo antes da primeira partida da final da Copa do Brasil.

Logo que a bola rolou e Egídio já havia descolado belo cruzamento para Júnior, de carrinho, quase marcar o primeiro do Vitória. Na seqüência, Anderson Martins roubou uma bola na sua intermediaria, passou por dois marcadores, tabelou com Junior, mas finalizou para fora.

Elkeson, recebendo bonito passe de Anderson Martins, invadiu a área e chutou cruzado. Ninguém completou. Júnior recebeu cruzamento na área, dominou e no momento do chute foi travado.

No primeiro contra-ataque do Goiás coube ao goleiro Viafara fazer boa defesa e impedir o gol. Bernardo recebeu na meia-lua da área, driblou Nino e acertou uma bomba. O goleiro colombiano, com a mão direita salvou, espalmou para escanteio.

Melhor em campo, envolvendo o adversário, o Vitória foi surpreendido. Depois de um chutão de Viafara, a defesa do Goiás rebateu e Rafael Moura ficou livre na entrada da área, após o escorregão de Neto, para acertar um chute forte e indefensável. Viáfara ainda tocou na bola, aos 31 minutos.

Mal deu tempo de digerir o gol. O atacante Rafael Moura cruzou da direita. Everton Santos subiu mais que Nino e de cabeça marcou o segundo do Goiás, quatro minutos depois. Incrédulo, o Barradão ficou mudo.

Começaram a sair alguns tímidos gritos de incentivos que logo viraram um tremendo barulho quando Júnior soltou o pé da intermediária e acertou o travessão de Rodrigo Calaça.

No chute de Júnior, Calaça teve sorte, mas nada pôde fazer com a cabeçada de Ricardo Conceição. Elkeson cruzou na medida e o pequenino volante testou bonito no canto, aos 45 minutos.

Na volta para o segundo tempo, a torcida veio junto. Nos gritos de incentivo viu Elkeson sofrer falta. Fernando ajeitou com carinho e soltou a bomba de canhota. Rodrigo Calaça voou e defendeu.

Nino, cortando pelo meio e fazendo bonita jogada, quase deixou o seu. Ele arriscou de fora da área e a bola raspou a trave goiana. Ramon, em cobrança de falta, mandou no centro do gol e Calaça pegou.

No fim do jogo, o Vitória já estava com três atacantes em campo – Schwenck e Soares entraram nos lugares de Fernando e Elkeson, respectivamente – e partiu para o sufoco. Em uma confusão na área, a bola sobrou para Ramon. Ele bateu cruzado, no canto, empatando a partida. Mas a arbitragem alegou impedimento de Jonas na trajetória da bola.

Quem já tinha ido embora, perdeu. Aos 45 minutos, brilhou a estrela de Soares. Ele recebeu a bola pela esquerda, na entrada da área, driblou o marcador e acertou um chute sem chances para Calaço. Golaço. A bola entrou no ângulo e a torcida comemorou o ponto conquistado no apagar das luzes.

VITÓRIA 2 X 2 GOIÁS
Data: 21/07/10
Estádio: Manoel Barradas
Cidade: Salvador (BA)
Horário: 19h30
Renda: R$ 117.865,00
Público: 10.636 pessoas

Gols: Rafael Moura, aos 31min, Everton Santos, aos 35min, e Ricardo Conceição, aos 45min do 1º tempo; Soares, aos 45min do 2º tempo.

Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia e Vinícius da Vitória Nascimento (trio do RJ).

Cartão amarelo: Wallace e Anderson Martins (Vitória), Wellington Monteiro, Marcão, Rafael Moura e Amaral (Goiás).

Cartão vermelho: não houve.

Vitória: Viáfara; Nino (Jonas), Wallace, Anderson Martins e Egidio; Neto, Ricardo Conceição, Fernando (Soares) e Ramon; Elkeson (Schwenck) e Júnior. Técnico: Ricardo Silva.

Goiás: Rodrigo Calaça; Carlos Alberto, Rafael Tolói, Ernando e Wellington Saci (Marcão); Jonilson, Amaral, Wellington Monteiro e Bernardo (Romerito); Éverton Santos (Valmir Lucas) e Rafael Moura. Técnico: Emerson Leão.

http://www.ecvitoria.com.br/site/noticias/detalhe.jsp?CId=13578

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

GloboEsporte - Vitória

Marketing ECVitória

UOL Esporte - Vitória

LeãodaBarra.com

GazetaEsportiva.net - Vitória

Terra Esportes - Vitória

Fanáticos por Futebol - Vitória

ESPN.com.br - Vitória

iG Esportes - Vitória

Links

FutebolBahiano.com

FutebolBaiano.net

BahiaNotícias - Esportes

iBahia - Esportes

Itapoan On-LINE - Esportes

Aratu Online - Esportes

A Tarde On Line - Esporte

Correio* - Esportes

Blog do GE - Larissa Dantas

Victoria Quae Sera Tamen - Franciel

Eu Sou Vitória - Fábio Monteiro

Vitória - Reinaldo Oliveira

ECV News

ECV 1899

Arena Rubro Negra

Leão Minha Paixão - Valmerson

Viáfara Paredão

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO