Vídeos do Vitória

5 de junho de 2010

Ricardo Silva cumprimenta Carpegiani depois do jogo e consciente reconhece que o Vitória não realizou uma grande partida

Ricardo SilvaRicardo Silva cumprimenta Carpegiani depois do jogo e consciente reconhece que o Vitória não realizou uma grande partida

O aluno ganhou do professor. Ricardo Silva foi mais feliz no duelo com seu ex-comandante, Paulo César Carpegiani, neste sábado, no Barradão, com o Vitória derrotando o Atlético do Paraná, por 1 x 0, jogo válido pela sétima rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Ao final do jogo, mui respeitosamente, Ricardo Silva antes de entrar no vestiário foi abraçar Carpegiani, de quem foi assistente técnico em 2009 e teve participação importante na conquista do tricampeonato baiano.

“Boa sorte” desejou o consagrado Carpegiani ao futuroso treinador Ricardo Silva. O abraço foi emocionado. “Parabéns” acrescentou o tranqüilo Paulo César Carpegiani, abraçado também pelos jogadores com quais trabalhou ano passado – Viáfara, Ramon, Wallace, Nino, Elkeson, Reniê e Vanderson.

Ricardo estava aliviado depois do segundo triunfo no Brasileiro. O Vitória precisava ganhar os três pontos para encerrar a fase pré-Copa do Mundo numa melhor posição.

“Foi um jogo disputado e o Campeonato Brasileiro vai ser assim. O Fluminense ganhou apertado da gente dentro do Maracanã e hoje meteu 3 a 0 no Avaí, na Ressacada. No futebol atual você tem que jogar, correr, marcar e tentar jogadas individuais quando puder. Nós prendemos a bola em excesso, os jogadores são jovens, e é compreensível errar. Volto a dizer: eles estão de parabéns pela vitória”, comentou Ricardo na coletiva.

Consciente, Ricardo reconhece que o Vitória não realizou uma boa partida contra o Atlético (PR), porém, o importante foi a conquista dos três pontos, com o time somando oito em 21 disputados.

“O Vitória não fez uma grande partida, mas o grande lance é que nós fomos felizes e conseguimos um gol de Schwenck numa belíssima cabeçada”, ressalta.

Para Ricardo, esta parada no Brasileiro por conta da Copa do Mundo, vai ser importante para recuperar alguns jogadores e descansar outros que estão estafados pela sequencia e jogos.

“O lado positivo é que vai dar um descanso para alguns jogadores, outros vão se recuperar, muitos vão poder treinar mais e vamos tentar mesclar a equipe nesta Copa do Nordeste”, disse o técnico rubro-negro.

Ricardo tem a ideia de deixar seu assistente Flávio Tanajura comandar o time na Copa do Nordeste e ficar “lá de cima olhando posicionamento, analisar o jogador individualmente e depois corrigir”.

O técnico reconhece que sua estratégia de iniciar o jogo com o lateral-direito Jonas como volante não deu o resultado esperado e, por isso, mudou:

Jonas é lateral-direito, já jogou de volante, e tentei que ele fizesse um pouco da função que executou com correção no Maracanã (contra o Fluminense). As vezes dá certo, as vezes, não. Ele se esforçou, correu bastante, e não o tirei porque estava jogando mal. Tirei porque precisavamos dos três pontos e tinhamos que ser mais ofensivos”, concluiu.

http://www.ecvitoria.com.br/site/noticias/detalhe.jsp?CId=13314

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

GloboEsporte - Vitória

Marketing ECVitória

UOL Esporte - Vitória

LeãodaBarra.com

GazetaEsportiva.net - Vitória

Terra Esportes - Vitória

Fanáticos por Futebol - Vitória

ESPN.com.br - Vitória

iG Esportes - Vitória

Links

FutebolBahiano.com

FutebolBaiano.net

BahiaNotícias - Esportes

iBahia - Esportes

Itapoan On-LINE - Esportes

Aratu Online - Esportes

A Tarde On Line - Esporte

Correio* - Esportes

Blog do GE - Larissa Dantas

Victoria Quae Sera Tamen - Franciel

Eu Sou Vitória - Fábio Monteiro

Vitória - Reinaldo Oliveira

ECV News

ECV 1899

Arena Rubro Negra

Leão Minha Paixão - Valmerson

Viáfara Paredão

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO