Vídeos do Vitória

3 de maio de 2010

Vitória se consagra como maior vencedor na primeira década do novo milênio ao conquistar o tetracampeonato baiano

Egídio e Elkeson

Vitória se consagra como maior vencedor na primeira década do novo milênio ao conquistar o tetracampeonato baiano

Mais uma vez, o rival venceu – 2 x 1. Mas não levaram a taça. Sabendo lidar com todas as adversidades – chuva, campo pesado, uma arbitragem tendenciosa e um jogador a menos (Vanderson foi expulso no segundo tempo) – o Vitória voltou a ser campeão, neste domingo, no Estádio Barradão. Pela segunda vez é tetracampeão estadual e se consagra como o maior vencedor na primeira década do novo milênio, com oito títulos.

“Os torcedores merecem e merecem muito”, exclamou o emocionado presidente Alexi Portela Junior. Durante a volta olímpica, na qual os jogadores carregavam o troféu entregue pelo presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, a maioria dos torcedores permaneceu no estádio. Uns choravam, outros gritavam o máximo podiam e toda a nação rubro-negra, presente ou não no Barradão, pulava de alegria.

Se faltou vencer a partida, não importa. O título ficou mais uma vez com o time mais competente e que se consolida como um potencia regional.

O Ba-Vi não foi fácil. Vindo de um triunfo no jogo de ida, por 1 x 0, gol de Júnior, o Vitória entrou em campo podendo empatar ou até perder por um gol de diferença que seria campeão. E o título ficou mais perto com o golaço de Elkeson, no primeiro tempo.

O Vitória pressionava o Bahia. Primeiro com Ramon, que tabelou com Júnior e chutou por cima. Depois foi a vez de Júnior rolar para Vanderson bater forte de fora da área e Fernando defender.

O Bahia assustou em dois lances. Numa confusão na grande área, a bola sobrou para Ananias. Ele chutou fraco, mas Viafara ia caindo no lado contrário. Rápido, o goleiro caiu para fazer a defesa. E, depois de boa jogada de Rogerinho, Viafara saiu bem nos pés de Rodrigo Gral para impedir o gol.

E ai brilhou a estrela do garoto Elkeson. Destaque do Baiano de Juniores em 2009, o jovem meia-atacante assumiu a posição de titular com personalidade, pegou a sobra da bola de um escanteio cobrado por Ramon, dividiu com Rogerinho e mandou a bola no ângulo. Golaço e explosão nas arquibancadas com o grito de gol.

Wallace, revelado divisões de base do Vitória, ainda impediu o que seria o gol de empate do Bahia. Contra-ataque rápido puxado pelo lateral-esquerdo Ávine, que cruzou na medida para Rodrigo Gral. O zagueiro veio antes e interceptou o passe na pequena área.
No segundo tempo, o Bahia empatou com Rodrigo Grahl, ainda no seu inicio. Bola cruzada na área, Nem subiu mais que a defesa e cabeceou firme e no chão. Viafara não segurou e o atacante mandou para o gol.

No lance seguinte, mesma jogada. Bola alçada na área e Nem novamente cabeceou. Viafara defendeu, a bola subiu e bateu na em cima do travessão para a sorte do goleiro, pois Rodrigo Gral esperava ela cair em cima da linha, para fazer o segundo.

O Vitória, refeito do susto, passou a atacar mais e quase empatou com o lateral-esquerdo Egidio. Ele tabelou com Júnior, recebeu dentro da grande área, e chutou por cima.

No final da partida, o Bahia tinha quatro atacantes em campo – Edílson e Lima que entraram o segundo tempo, aliados a Mendes e Rodrigo Gral – pressionava o rubro-negro. A defesa tirava de qualquer jeito.

No fim, Lima fez o segundo gol, virando a partida e deixando o Bahia a um gol de ser campeão. Mas o tempo acabou antes do terceiro gol, e quando o árbitro Heber Roberto Lopes (PR-Fifa), que deixou de marcar um pênalti sobre Elkeson, apitou para o centro do gramado a festa tomou conta das arquibancadas e dentro campo com a volta olímpica dos jogadores e comissão técnica.

VITÓRIA 1 X 2 BAHIA
Data: 2/05/2010
Estádio: Manoel Barradas
Cidade: Salvador (BA)
Horário: 17 horas
Renda: R$532.380,00
Público: 23.237 pagantes
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR-FIFA)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP-FIFA) e Erich Bandeira (PE-FIFA)

Gols: Elkeson aos 20min do 1º tempo; Rodrigo Gral a 1min e Lima, aos 45min do 2º tempo.

Cartão amarelo: Nino, Vanderson e Uelliton (Vitória) Nem, Marcone, Avine, Leandro e Ananias (Bahia)

Expulsão: Vanderson aos 28 do 2º tempo

Vitória: Viáfara; Nino, Wallace, Reniê e Egidio; Vanderson, Uelliton, Bida e Ramon (Renato); Elkeson (Neto) e Junior (Vilson). Técnico: Ricardo Silva.

Bahia: Fernando; Apodi (Carlos Alberto), Nem (Lima), Alison e Avine; Marcone, Leandro (Edílson), Rogerinho e Ananias; Mendes e Rodrigo Gral. Técnico: Renato Gaúcho.

http://www.ecvitoria.com.br/site/noticias/detalhe.jsp?CId=13122

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

GloboEsporte - Vitória

Marketing ECVitória

UOL Esporte - Vitória

LeãodaBarra.com

GazetaEsportiva.net - Vitória

Terra Esportes - Vitória

Fanáticos por Futebol - Vitória

ESPN.com.br - Vitória

iG Esportes - Vitória

Links

FutebolBahiano.com

FutebolBaiano.net

BahiaNotícias - Esportes

iBahia - Esportes

Itapoan On-LINE - Esportes

Aratu Online - Esportes

A Tarde On Line - Esporte

Correio* - Esportes

Blog do GE - Larissa Dantas

Victoria Quae Sera Tamen - Franciel

Eu Sou Vitória - Fábio Monteiro

Vitória - Reinaldo Oliveira

ECV News

ECV 1899

Arena Rubro Negra

Leão Minha Paixão - Valmerson

Viáfara Paredão

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO