Vídeos do Vitória

6 de maio de 2010

Com raça e determinação, Vitória se classifica às semifinais da Copa do Brasil mesmo perdendo jogo disputado em São Januário

Viáfara - GOLCom raça e determinação, Vitória se classifica às semifinais da Copa do Brasil mesmo perdendo jogo disputado em São Januário

Foi um teste para cardíacos. Muito sofrimento, agonia e desespero por parte da torcida rubro-negra acompanhando a partida. Demorou, mas o alívio veio aos 49 minutos do segundo tempo com o apito final do árbitro Evandro Rogério Roman. Com a vantagem de perder até por um gol de diferença, o Vitória perdeu para o Vasco por 3 x 1 e se classificou para as semifinais da Copa do Brasil graças ao gol marcado fora de casa.

Foi pressão carioca do inicio ao fim do jogo disputado nesta quarta-feira, à noite, em São Januário. O Vitória vai enfrentar o Atlético (GO) nas semifinais. O time goiano perdeu de 1 a 0 em São Paulo, venceu de 1 a 0 em Goiânia e nos pênaltis levou a melhor por 2 x 1.

O Vitória foi valente durante os 90 minutos. Mesmo com um início de jogo irregular, o time viu o Vasco dominar a partida e chegar com perigo ao gol de Viáfara em duas oportunidades. Ramon primeiro chutou cruzado e Elton, depois, finalizou por cima do travessão.

Aos 11 minutos, o meia Magno fez boa jogada pela direita e chutou cruzado. A bola bateu em Reniê, enganou o goleiro Viafara e entrou.

O gol acordou o Vitória que passou a tocar a bola e envolver o Vasco no seu campo ofensivo. Em um lançamento da defesa, Júnior raspou de cabeça e a bola sobrou para Neto Berola, que invadiu a área e mesmo podendo finalizar esperou a falta do volante Nilton.

O atleta vascaíno foi expulso direto por ser o último homem e cometer a falta por trás. Pênalti que o goleiro Viafara bateu bem, deslocando Fernando Prass. Na comemoração, um abraço de todo o time no atacante Junior, que entrou em campo após passar 32 horas detido na Polinter, acusado de falsidade ideológica.

No segundo tempo era tudo ou nada para o Vasco. Precisando fazer mais três gols para se classificar, o time se jogou ao ataque e com apenas de três minutos, Ramon recebeu belo passe de Phillipe Coutinho e finalizou cruzado sem chances para Viáfara.

Rafael Cruz, que havia entrado no lugar de Egídio, quase empatou a partida. Vanderson iniciou a jogada, tocou para Bida que fez lindo corta-luz e a bola sobrou para o lateral chutar forte na rede pelo lado de fora.

Com o Vitória melhor em campo, Schwenck teve uma chance incrível de selar o jogo para o rubro-negro. Neto fez realizou lançamento por trás da defesa e deixou o atacante livre, somente com o goleiro adversário à sua frente. O atacante acabou tocando para fora.

Na tentativa de impedir um contra-ataque do Vasco, Rafael Cruz fez falta dura em Phillipe Coutinho e foi expulso, acabando com a vantagem numérica do rubro-negro. Com dez homens para cada lado, o time carioca voltou a tomar conta das ações e por pouco não chegou ao terceiro gol. Primeiro, Carlos Alberto, de fora da área, chutou para fora e, em seguida Elton completou cruzamento de Dodô, e Viafara defendeu bem.

Num lance de pura infelicidade de Vanderson, Phillipe Coutinho roubou a bola e pegou a defesa do Vitória tentando se recompor. Ele fez belo passe para Elton, derrubado na grande área por Viáfara. Pênalti que Carlos Alberto cobrou no canto direito, Viáfara caiu na bola, mas não impediu o terceiro gol.

Foram mais de dez minutos de angustia. O tempo custava a passar e classificação, aos poucos, ficava mais perto. O Vasco precisava somente de um gol para se classificar e o rubro-negro ainda teve Schwenck expulso por reclamação.

No fim, Viafara ainda salvou o rubro-negro após cabeçada fulminante de Elton. A bola tinha destino certo, no canto direito, e o goleiro colombiano fez bela defesa.

O desespero tomou conta do Vasco, o Vitória conseguiu reter a bola no ataque com Bida e Marcos Pimentel, e ao apito final do árbitro comemorou a classificação dentro de São Januário.

VASCO 3 X 1 VITÓRIA
Data: 5/05/10
Estádio: São Januário
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 19h30
Renda: R$245.613,00
Público: 12.377 pagantes

Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR-FIFA)
Assistentes: Jose Carlos Dias Passos (PR) e Brunco Boschilla (PR)

Cartão amarelo: Egidio, Vanderson, Bida e Schwenck e Viafara (Vitória)

Expulsões: Nilton, aos 20min do 1º tempo; Rafael Cruz, aos 13min, e Schwenck, aos 43min do 2º tempo

Gols: Ramon, aos 11min, e Viáfara (pênalti), aos 20min do 1º tempo; Ramon, aos 3min, e Carlos Alberto (pênalti), aos 32min do 2º tempo

Vasco: Fernando Prass; Elder Granja (Paulinho), Thiago Martinelli, Dede e Ramon; Nilton, Magno (Dodô) e Souza; Carlos Alberto (Robinho), Phillipe Coutinho e Elton. Técnico: Gaúcho.

Vitória: Viafara; Marcos Pimentel, Wallace, Renie e Egidio (Rafael Cruz); Neto, Vanderson, Uelliton e Bida; Neto Berola (Schwenck) e Junior (Vilson). Técnico: Ricardo Silva.

http://www.ecvitoria.com.br/site/noticias/detalhe.jsp?CId=13146

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

GloboEsporte - Vitória

Marketing ECVitória

UOL Esporte - Vitória

LeãodaBarra.com

GazetaEsportiva.net - Vitória

Terra Esportes - Vitória

Fanáticos por Futebol - Vitória

ESPN.com.br - Vitória

iG Esportes - Vitória

Links

FutebolBahiano.com

FutebolBaiano.net

BahiaNotícias - Esportes

iBahia - Esportes

Itapoan On-LINE - Esportes

Aratu Online - Esportes

A Tarde On Line - Esporte

Correio* - Esportes

Blog do GE - Larissa Dantas

Victoria Quae Sera Tamen - Franciel

Eu Sou Vitória - Fábio Monteiro

Vitória - Reinaldo Oliveira

ECV News

ECV 1899

Arena Rubro Negra

Leão Minha Paixão - Valmerson

Viáfara Paredão

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO